Colisão arranca motor de carro e deixa dois mortos na BR-116 em Serrinha

Duas pessoas morreram em um acidente entre um carro e uma moto na rodovia BR-116, no povoado Cebola Podre, em Serrinha, na noite desta sexta-feira (12). A batida foi tão forte que arrancou o motor do carro e quase derrubou uma árvore. A colisão aconteceu por volta das 19h20.

Segundo apurou o PCS, a moto Honda CG Titan, placa JQA-4735, que trafegava no sentido Teofilândia-Serrinha, reduziu a velocidade para passar por um quebra-molas quando foi atingida pelo VW Crossfox, placa OUQ-0919, que vinha no mesmo sentido da pista e em alta velocidade.

Após atingir a moto, o carro saiu da pista, bateu em uma árvore e parou a poucos metros de uma residência. Um dos pneus do veículo se soltou e atingiu a fachada da casa.

O condutor da moto, José Clebson de Aquino Santos, conhecido como “Kel da Sucupira”, foi arremessado contra árvores e morreu no local antes do socorro chegar. O capacete da vítima ficou cravado na lataria do carro.



Já o motorista do Crossfox, José Erik dos Santos Miranda, de 28 anos, chegou a ser resgatado ainda com vida pelo Samu, mas morreu no trajeto ao Hospital Municipal de Serrinha.

Ainda não há informações sobre velório e sepultamento das vítimas. Os corpos seguem no Departamento de Polícia Técnica (DPT). *Com a colaboração do repórter Reny Maia.

Fonte: PCS

Prefeitura de Teofilândia compra 2 ônibus com ar-condicionado para transportar estudantes até Feira de Santana

O atual prefeito de Teofilândia, Tércio Nunes (PP), divulgou a aquisição de mais dois ônibus, desta vez com ar-condicionado, para o município nesta terça-feira, 29 de dezembro.

“Ônibus com capacidade de 51 passageiros, com ar-condicionado para transportar alunos para faculdade na cidade de Feira de Santana.
ada ônibus tem um investimento de 383.000,00 (trezentos e oitenta e três mil reais).”, informou o gestor. A aquisição foi feita através de licitação.

Centenas de estudantes são transportados diariamente e gratuitamente até Feira de Santana por ônibus disponibilizados pela Prefeitura de Teofilândia.


Detran-BA divulga novos prazos para CNH e outros serviços

Suspensos em março, em função da pandemia da Covid-19, os prazos de vencimento da carteira de habilitação (CNH) e para transferência de propriedade do veículo e envio da notificação de multa serão retomados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA), a partir desta terça-feira, 1º, com novos cronogramas.

O Detran-BA alerta os condutores com CNH vencida em 2020 que a renovação do documento começará em janeiro de 2021, somente por agendamento no portal ou aplicativo SAC Digital, de forma escalonada. Portanto, não há a necessidade de o cidadão se preocupar antecipadamente. O período para a atualização da carteira em 2021 será no mesmo mês do vencimento em 2020.

Confira o calendário completo:

Para a transferência de propriedade do veículo que não ainda não foi feita neste ano, a pessoa deverá regularizar a situação até 31 de março de 2021. O serviço é disponibilizado pelo Detran-BA apenas por hora marcada no SAC Digital.

Já os novos prazos para que o órgão de trânsito volte a enviar as notificações de multas irão seguir um cronograma de 10 meses, tendo como referência a data em que as infrações foram cometidas. Confira:




Bahia é terceiro estado mais seguro para pedestres e ciclistas

A Bahia tem a terceira menor taxa de morte de pedestres e ciclistas em acidentes de trânsito do país. O estado concentra um índice menor que a média nacional. O dado foi disponibilizado pelo Ministério da Saúde neste mês e traz um compilado de informações sobre o tema referentes a 2018.

No Brasil a taxa de mortalidade de pedestre entre as vítimas no trânsito é de 2,5 óbitos por 100 mil habitantes, enquanto na Bahia ela é de 1,6. O estado fica atrás apenas do Rio Grande do Norte, que possui a menor taxa do país, e da Paraíba.

Já em relação à mortalidade entre os ciclistas, a taxa nacional é de 0,6 óbitos por 100 mil habitantes. O Amazonas apresentou a menor taxa (0,2/100 mil), Rondônia a maior (1,6 por 100 mil), ao tempo que a Bahia ficou na terceira posição com 0,3. O dado coloca o estado, ao menos teoricamente, entre os mais seguros para aqueles que utilizam bicicletas para se locomover.




Durante a pandemia a bicicleta se tornou um meio de transporte mais seguro, por permitir o distanciamento social. Relatório da Confederação Nacional do Transporte (CNT) identificou que a pandemia mudou a rotina de muita gente e a relação das pessoas com diversos serviços. No tema locomoção, ela evidenciou a busca por formas alternativas ao transporte público.

O dado consta na pesquisa “Mudanças no setor de transporte pós-Covid-19”, divulgada no fim de julho. Uma das conclusões da entidade é de que o receio da contaminação interferiu na priorização de deslocamentos por meios de transporte em que não há a necessidade de compartilhamento de espaços fechados, a exemplo dos ônibus, vans e metrôs. Em Salvador, a gestão municipal se antecipou e anunciou, em junho, que vai alargar calçadas e incentivar o uso de bicicleta pela população. O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto (DEM) ao apresentar o primeiro eixo, de um total de sete, do plano para estimular a economia da cidade, atingida pelos efeitos da pandemia do novo coronavírus (leia mais aqui e aqui).

No “Panorama da mortalidade e internação de vítimas de lesões no trânsito nos estados brasileiros”, a mortalidade no trânsito é classificada pelo Ministério da Saúde como um “grave problema de saúde pública”. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que anualmente 1,35 milhões de mortes são registradas no trânsito. O número representa uma média de uma morte a cada 24 segundos.

O documento do Ministério da Saúde ainda traz que a taxa de mortalidade por lesões de trânsito no Brasil é de 14,8 óbitos por 100 mil habitantes. Ao observar as unidades federativas, em 17 as taxas são maiores que a nacional. Não é o caso da Bahia. Com 13,6, o estado ocupa a 7ª posição no ranking de menos mortes por habitantes.

Governador Rui Costa entrega veículos para 120 prefeituras; investimento supera R$ 13 milhões

O governador Rui Costa participou, na manhã desta terça-feira (28), da entrega de ambulâncias, ônibus rurais escolares, tratores agrícolas com e sem implementos e ainda veículos administrativos. A ação, que aconteceu em um evento fechado no Parque de Exposições de Salvador, envolveu mais de R$ 13 milhões em investimentos e beneficia diretamente 120 prefeituras de diferentes regiões do território baiano. Ao todo, foram 48 ambulâncias, 44 veículos administrativos, 37 ônibus rurais escolares e 18 tratores agrícolas, sendo oito com implementos e dez sem.

O governador lembrou que os recursos são fruto de emendas parlamentares e que os municípios são os que mais ganham quando há uma boa relação entre governo e parlamento. “Dentre os veículos entregues hoje, temos ambulâncias que vão fortalecer esse momento de pandemia da Covid-19, reforçando a Atenção Básica, inclusive na zona rural de muitos municípios. Além disso, outros veículos foram entregues para dar mais mobilidade às equipes de saúde e de outras áreas pelo interior da Bahia”, explicou Rui Costa.

As secretarias estaduais envolvidas na iniciativa são a da Saúde (Sesab), da Educação (SEC) e da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri).

Confira detalhes das entregas:

Ambulâncias
Quantidade: 48.
Prefeituras beneficiadas: 48.
Investimento total: R$ 2.832.000,00

Veículos administrativos
Quantidade: 44
Prefeituras beneficiadas: 32.
Núcleo de Transplante da Sesab: 01.
Investimento total: R$ 2.610.400,00.

Ônibus rurais escolares
Quantidade: 37
Prefeituras beneficiadas: 36.
Investimento total: R$ 7.258.110,00.

Tratores agrícolas
Quantidade: 10.
Prefeituras beneficiadas: 10.
Investimento total: R$ 787.650,00.

Tratores agrícolas com implementos
Quantidade: 08.
Prefeituras beneficiadas: 08.
Investimento total: R$ 854.763,12 (R$106.805,39 cada).

ENTREGA POR MUNICÍPIO
Total: 120 prefeituras beneficiadas

Adustina – 01 Ambulância
Água Fria – 01 trator agrícola
Almadina – 01 ambulância / 01 ônibus rural escolar
Amélia Rodrigues – 01 ônibus rural escolar
Angical – 01 ônibus rural escolar
Antônio Cardoso – 01 ambulância
Araçás – 01 veículo administrativo
Aratuípe – 01 ambulância
Barra – 01 ônibus rural escolar
Barreiras – 01 ambulância / 01 ônibus rural escolar
Belmonte – 01 ambulância
Biritinga – 01 ambulância
Brumado – 01 ônibus rural escolar
Buritirama – 01 trator agrícola
Caatiba – 01 ônibus rural escolar
Caem – 01 ambulância
Caetano – 01 trator agrícola com implementos
Cafarnaum – 01 ambulância
Cairú – 01 ambulância
Campo Alegre de Lourdes – 01 ambulância
Canavieiras – 01 ônibus rural escolar
Candiba – 01 veículo administrativo
Cândido Sales – 01 ambulância
Capela do Alto Alegre – 01 ambulância
Carinhanha – 01 ônibus rural escolar / 01 veículo administrativo
Cícero Dantas – 01 veículo administrativo
Coaraci – 01 veículo administrativo
Conceição da Feira – 01 ambulância
Coração de Maria – 01 ambulância
Cristópolis – 01 trator agrícola com implementos
Cruz das Almas – 01 ambulância
Curaçá – 01 ambulância
Dom Basílio – 01 veículo administrativo
Euclides da Cunha – 01 ônibus rural escolar / 01 veículo administrativo
Feira de Santana – 09 veículos administrativos
Firmino Alves – 01 ambulância
Formosa do Rio Preto – 01 ônibus rural escolar
Gentio do Ouro – 01 ambulância
Gongogi – 01 trator agrícola com implementos
Guanambi – 01 ambulância / 01 ônibus rural escolar
Ibicoara – 01 trator agrícola com implementos
Ibipeba – 01 veículo administrativo
Ibipitanga – 01 veículo administrativo
Ibicuí – 01 ambulância
Ilhéus – 01 ônibus rural escolar
Inhambupe – 01 ônibus rural escolar
Ipecaetá – 01 ônibus rural escolar
Ipirá – 01 ambulância
Irajuba – 01 ambulância
Iraquara – 01 veículo administrativo
Itabuna – 01 ônibus rural escolar
Itaguaçu da Bahia – 01 veículo administrativo
Itajuípe – 01 ambulância
Itapé – 01 veículo administrativo
Itapetinga – 01 ônibus rural escolar
Itapicuru – 01 trator agrícola
Itatim – 01 trator agrícola
Itiruçu – 01 ambulância
Itiúba – 01 ambulância
Iuiú – 01 ônibus rural escolar / 01 veículo administrativo
Jacaraci – 01 trator agrícola com implementos / 01 veículo administrativo
Jacobina – 01 trator agrícola
Jandaíra – 01 ônibus rural escolar
Jequié – 01 ônibus rural escolar
Jeremoabo – 01 ambulância / 01 trator agrícola
Juazeiro – 01 ambulância
Jussiape – 01 veículo administrativo
Lamarão – 01 trator agrícola
Lençois – 01 veículo administrativo
Macaraní – 01 ambulância
Mairi – 01 veículo administrativo
Malhada – 01 ônibus rural escolar
Mirante – 01 trator agrícola com implementos
Morpará – 01 veículo administrativo
Mucugê – 01 veículo administrativo
Nilo Peçanha – 01 ambulância
Nova Itarana – 01 ônibus rural escolar
Nova Soure – 01 ambulância
Novo Horizonte – 01 ambulância / 01 veículo administrativo
Ouriçangas – 01 ônibus rural escolar
Palmas de Monte Alto – 01 ambulância / 01 veículo administrativo
Palmeiras – 01 veículo administrativo
Paripiranga – 01 ônibus rural escolar
Paulo Afonso – 01 ônibus rural escolar
Pé de Serra – 01 ambulância
Pilão Arcado – 01 ambulância
Piripá – 01 ambulância
Poções – 04 veículos administrativos
Ponto Novo – 01 veículo administrativo
Retirolândia – 01 ônibus rural escolar
Riachão das Neves – 01 ônibus rural escolar
Riacho de Santana – 01 veículo administrativo
Ribeira do Amparo – 01 veículo administrativo
Ribeirão do Largo – 01 veículo administrativo
Rio Real – 01 ambulância / 01 ônibus rural escolar
Rodelas – 01 ambulância / 01 trator agrícola / 01 trator agrícola com implementos
Salvador – 01 veículo administrativo
Santa Brígida – 01 veículo administrativo
Santa Cruz Cabrália – 01 ônibus rural escolar
Santa Maria da Vitória – 01 ambulância
Santo Amaro – 01 ônibus rural escolar
São Desiderio – 01 trator agrícola com implementos
São Domingos – 01 ambulância
São Félix – 01 ambulância
Sapeaçu – 01 ônibus rural escolar
Seabra – 01 trator agrícola
Sobradinho – 01 ambulância
Souto Soares – 01 ambulância
Tanque Novo – 01 veículo administrativo
Teofilândia – 01 ambulância
Terra Nova – 01 trator agrícola
Tremedal – 01 ambulância
Uauá – 01 ambulância
Ubaíra – 01 ambulância
Ubaitaba – 01 veículo administrativo
Uruçuca – 01 ônibus rural escolar
Valente – 01 ônibus rural escolar
Vitória da Conquista – 01 ônibus rural escolar
Wanderley – 01 ônibus rural escolar
Wenceslau Guimarães – 01 ambulância / 01 veículo administrativo / 01 ônibus rural escolar

BR 116/Norte: Ministro diz que duplicação de Feira/Serrinha deve ser finalizada até outubro

Na manhã desta quinta-feira (18), o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, fez uma postagem no Twitter e disse que a duplicação da BR-116/Norte, entre Serrinha e Feira de Santana, tem avançado bem e Governo Jair Bolsonaro deve liberar mais um trecho até outubro. A duplicação é muito aguardada pela população do Nordeste da Bahia, em especial pelos moradores do Território do Sisal, dado o volume de veículos que transitam na rodovia.

Bahia chega a 70% de cidades com transporte suspenso devido à Covid-19

Terão o transporte suspenso a partir deste sábado (6) as cidades de Bonito, na Chapada Diamantina; Formosa do Rio Preto, no extremo oeste; Guaratinga, na Costa do Descobrimento; Ibicuí e Poções, no sudoeste; Ibipitanga, no oeste; Jussara, no Centro Norte; Pé de Serra, na Bacia do Jacuípe e Presidente Tancredo Neves, no Baixo Sul. A medida tem como objetivo conter a disseminação do novo coronavírus no estado.

Com essas nove cidades, o número de município com o serviço interrompido chega a 294, ou 70,5% dos 417 municípios do estado. Desde a primeira hora do sábado não será mais permitida a saída de veículos. Já a chegada só pode ser feita até as 9h. A medida vale para qualquer veículo de transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, seja nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

RETORNO

No mesmo decreto, publicado nesta sexta-feira (5), o governador Rui Costa autoriza a volta do serviço nas cidades de Apuarema e Itororó, no sudoeste; Caem, no Piemonte da Diamantina; Capela do Alto Alegre, na Bacia do Jacuípe e Laje, no Vale do Jiquiriçá. A justificativa é que nesses municípios não há casos de novo coronavírus nos últimos 14 dias, período considerado para a cura do paciente e, por sua vez, da não transmissão do vírus para outras pessoas. 

Top