Bahia confirma chegada de Guto Ferreira; técnico estreia contra o Athletico

Agora é oficial: Guto Ferreira é o novo treinador do Bahia. O clube anunciou a contratação do profissional na noite desta quarta-feira (6). A direção tricolor agiu rápido para substituir Diego Dabove, desligado do clube após a derrota para o Corinthians.

Essa será a terceira passagem de Guto no Bahia. Em 2016, o técnico chegou e ajudou o Tricolor a subir para a elite do futebol brasileiro. No ano seguinte, conseguiu ganhar a Copa do Nordeste, mas deixou o clube por conta de uma proposta do Internacional.

Guto e o Esquadrão de Aço voltaram a se encontrar na temporada 2018. Naquele ano, ele conquistou o Campeonato Baiano, mas uma sequência de jogos ruins naquele Brasileiro acabou encurtando a sua passagem. Na sequência, passou por Chapecoense, Sport e Ceará.

De volta ao Bahia, Augusto Sérgio Ferreira fechou contrato até o final da temporada. Ele chega ao CT Evaristo de Macedo junto com os auxiliares Alexandre Faganello e André Luís, além do preparador físico Juninho. Sua estreia será já neste sábado (9), contra o Athletico Paranaense, em Curitiba.

Confederação Brasileira de Canoagem demite todos os funcionários e suspende atividades

Com uma dívida de R$ 5,7 milhões executada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) demitiu todos os seus funcionários e suspendeu as atividades. Uma fonte do Bahia Notícias ligada à entidade confirmou a informação, veiculada pelo site ge.globo, e um comunicado oficial deverá ser divulgado ainda nesta sexta-feira (17), além de uma entrevista coletiva.

A CBCa deverá ter suas contas bloqueadas nos próximos dias devido ao débito e a opção pelo fechamento seria para preservar parceiros, atletas e profissionais da canoagem brasileira.

A dívida da CBCa é relacionada ao não-recolhimento de ISS (Imposto Sobre Serviços) devido aos recursos entre a década de 1990 e início dos anos 2000, que vinham da renda de bingos na capital paulista. Além disso, a entidade ainda é ré em outros 13 processos semelhantes.

O fechamento das portas da CBCa se dá pouco mais de um mês da conquista da medalha de ouro de Isaquias Queiroz no C1 2000m nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, e menos de duas semanas de Fernando Rufino também se tornar campeão da modalidade da categoria VL2 nos Jogos Paralímpicos. Porém, os custos da seleção brasileira de canoagem são praticamente bancados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB). Para o time verde e amarelo seguir com seus trabalhos é preciso que a entidade olímpica assuma os custos.

Bahia aplicará dose de reforço para Covid a partir de setembro

A Secretaria da Saúde da Bahia seguirá, integralmente, a deliberação do Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, na qual, a partir da segunda quinzena de setembro, distribuirão doses de reforço e reduzirão o intervalo entre as doses da Pfizer e AstraZeneca. A ação será destinada a todos os indivíduos imunossuprimidos após 28 dias da segunda dose e para pessoas acima de 70 anos vacinadas há 6 meses.

A imunização deverá ser feita, preferencialmente, com uma dose da Pfizer, ou de maneira alternativa, com a vacina de vetor viral da Janssen ou da AstraZeneca. Também a partir do próximo mês, o intervalo entre as doses da Pfizer e AstraZeneca passará de 12 para 8 semanas para toda a população. Estas mudanças não interferem na logística de distribuição do estado para os municípios. A dose de reforço está estimada para um público superior a 950 mil baianos.

Além disso, o Governo da Bahia entrou na Justiça para requerer mais de 1 milhão de doses da vacina contra a Covid-19 que não foram entregues pelo Governo Federal, tendo como critério o percentual populacional. Esse déficit tem prejudicado o ritmo da vacinação no estado, com diversos municípios aplicando a primeira dose em faixas etárias acima de 25 anos.

Outras unidades da federação a exemplo de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul receberam, respectivamente, 2,1 milhões, 1,1 milhão e 1,1 milhão de doses a mais do que o percentual populacional.

Bolsonaro sanciona lei que regulamenta transformação de clubes de futebol em empresas

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido), sancionou a lei que regulamenta a transformação de clubes de futebol masculino e feminino em empresas. O texto foi aprovado pelo Senado em junho e no mês seguinte passou pela Câmara.

A nova lei cria a figura da Sociedade Anônima do Futebol (SAF). Com isso, os clubes de futebol poderão emitir títulos de dívida e lançar ações na bolsa de valores. Ela restrita apenas às agremiações da modalidade e não abraça os demais esportes como vôlei, basquete. Além disso, entidade, federações e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também estão impedidas de se tornarem SAF.

Pelo texto sancionado, alterações no nome, escudo, hino, cores, local da sede só deverão se efetuadas com a concordância do clube, que originou a SAF. Enquanto os direitos de participação nas competições, contratos de trabalho e uso de imagem também são transferidos na migração. Caso o estádio e centro de treinamento não forem transferidos, será necessário firmar um contrato para o uso desses equipamentos. Em relação às dívidas, os clubes ganharam o prazo de seis anos, prorrogáveis por mais quatro, para quitar os débitos nas esferas cível e trabalhista.

Baiano pode garantir medalha no boxe, Bia Ferreira estreia e judô tem chance em Tóquio

O baiano Keno Marley Machado tem chance de garantir ao menos uma medalha olímpica de bronze para o Brasil no boxe masculino nesta sexta-feira (30). Na categoria até 81 quilos, ele vai lutar contra o britânico Benjamin Wittaker, a partir de 1h24 (de Brasília), pelas quartas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Como no boxe não há disputa pelo terceiro lugar, avançar à semifinal significa subir no pódio. Keno venceu sua primeira luta com tranquilidade, nesta quarta (28), após aplicar um nocaute técnico no chinês Chen Daxiang, no segundo round (lembre aqui). Com apenas 21 anos, ele é considerado uma das grandes promessas do boxe brasileiro.

Quem também sobe no ringue é a grande promessa de ouro olímpico da Bahia para o Brasil: a campeã mundial dos pesos leves (até 60 quilos) Beatriz Ferreira, ou simplesmente Bia, que vai lutar contra Wu Shih-Yi, de Taiwan. Desde o início da carreira, a pugilista subiu ao pódio em 27 das 28 competições que disputou e, em entrevista ao Bahia Notícias, antes do início da Olímpiada, afirmou que é “um trem sem freio” (veja aqui).

Na categoria até 91 quilos, o paulista Abner Teixeira também pode garantir uma medalha. Ele enfrenta Hussein Iashaish, da Jordânia, a partir de 7h39, pelas quartas de final.

Outro destaque do dia é o judoca Rafael Silva, o Baby, da categoria peso-pesado (acima de 100 quilos), que foi medalha de bronze em Londres-2012 e na Rio-2016. Caso volte a subir ao pódio, ele conquistará um feito semelhante ao de Mayra Aguiar, nesta quinta-feira (29) (saiba mais aqui): se tornará o primeiro atleta brasileiro com três medalhas olímpicas em edições diferentes entre os homens. Como é sétimo do ranking mundial, Rafael só estreia nas oitavas de final, contra o vencedor da luta entre polonês Maciej Sarnacki e o azeri Ushangi Kokauri.

Maria Suelen Altheman, da categoria peso-pesado (mais de 78 quilos) do judô feminino, também recebeu “bye” na primeira rodada do torneio olímpico, e vem de um resultado imponente. Ela foi medalha de bronze no Mundial de Judô realizado na Hungria, neste ano, após vencer sua principal rival, a cubana Idalys Ortiz. Em Tóquio, a brasileira enfrentará quem vencer o duelo entre Anamari Velensek, da Eslovênia, e Nina Cutro-Kelly, dos EUA.

Duas outras estreias marcam o dia olímpico do Brasil: Bruno Fratus começa sua trajetória em busca da medalha nos 50 metros livre, na natação, a partir de 7h16, e Altobeli da Silva tem chances nos 3 mil metros com obstáculos – começa nesta quinta o atletismo em Tóquio.

Às 23h05, o vôlei masculino entra em quadra contra os Estados Unidos. Na última rodada, perdeu para a Rússia por 3 sets a 0 (veja aqui). 

Confira a agenda completa:

Handebol masculino: 

21h – Argentina x Brasil (rodada 4 da fase de grupos) 

Rúgbi de 7 feminino: 

21h – Fiji x Brasil (rodada 3 da fase de grupos)

Atletismo: 

21h15 – Fernando Ferreira e Thiago Moura  (classificatórias do salto em altura)

22h04 – Altobeli da Silva (classificatórias dos 3 mil metros com obstáculos)  

23h25 – Alison dos Santos (classificatórias dos 400 metros com barreiras) 

A partir de 00h15 – Vitoria Rosa e Rosangela Santos (100 metros rasos) 

7h05 – Núbia Soares (classificatórias do salto triplo)

7h25 – Geisa Arcanjo (classificatórias do arremesso de peso)

8h12 – Revezamento 4×100 metros rasos misto

Remo: 

21h15 – Lucas Verthein (final B do Skiff simples para decidir o 7º colocado)

Ciclismo BMX: 

22h06 – Renato Rezende (semifinal)

Vôlei masculino: 

23h05 – Brasil x Estados Unidos (rodada 4 da fase de grupos)

Vela: 

A partir de 00h05 – Marco Grael e Gabriel Borges (classe 49er)

A partir de 00h05 – Henrique Haddad e Bruno Bethlem (classe 470 masculino)

A partir de 00h15 – Ana Barbachan e Fernanda Oliveira (classe 470 feminino)

A partir de 2h35 – Robert Scheidt (classe laser)

A partir de 2h50 – Martine Grael e Kahena Kunze (classe 49er FX feminino)

Judô: 

A partir de 00h40 – Rafael Silva (BRA) x Adversário ainda a definir (oitavas de final da categoria acima de 100 kg masculino) 

A partir de 00h40 – Maria Suelen Altheman (BRA) x Adversário ainda a definir (oitavas de final da categoria acima de 78 kg feminino)

Boxe: 

1h24 – Keno Marley (BRA) x Benjamin Whittaker (GRA) (quartas de final da categoria até 81 kg) 

5h – Beatriz Ferreira (BRA) x Wu Shih-Yi (TAI) 

7h39 – Abner Teixeira (BRA) x Hussein Iashaish (JOR)

Canoagem Slalom: 

2h – Pepê Gonçalves (semifinal da categoria K-1)

Saltos ornamentais: 

3h – Luana Lira (rodada preliminar)

Futebol feminino: 

5h – Canadá x Brasil (quartas de final)

Natação: 

7h16 – Bruno Fratus (classificatórias dos 50 metros livre masculino)

7h43 – Etiene Medeiros (classificatórias dos 50 metros livre feminino)

8h40 – Guilherme Costa (classificatórias dos 1500 metros livre masculino) 

9h15 – Revezamento 4×200 metros medley masculino

Vôlei de praia: 

9h – Bryl e Dijalek (POL) x Evandro e Bruno Schmidt (BRA)

Câmera flagra homem assaltando duas pessoas no bairro Caseb, em Serrinha

Na manhã desta segunda-feira (21), por volta das 9h, dois jovens foram assaltados no bairro do Caseb, em Serrinha. Em um vídeo obtido pela reportagem do PCS, é possível ver o momento em que as vítimas são abordadas pelo criminoso.

As imagens foram registradas por uma câmera de monitoramento, instalada em uma residência, na Rua Olavo Bilac, em frente ao ‘campo do Caseb’, e mostram os jovens caminhando.

Em questão de segundos, o suspeito se aproxima com a moto, aborda as vítimas e leva o celular de um deles. A ação dura menos de 15 segundos e o assaltante foge rapidamente tomando rumo ignorado.

Bahia encara Independiente, Guabirá e um uruguaio na 1ª fase da Sul-Americana

Após sorteio realizado no início da tarde desta sexta-feira (9), em Luque, no Paraguai, o Bahia descobriu quem serão os seus adversários na fase de grupos da Copa Sul-Americana. O Esquadrão de Aço está no Grupo C, junto com Independiente (Argentina), Guabirá (Bolívia) e Torque e Fênix  (Uruguai).

Inicialmente, a competição será dividida em oito grupos com quatro clubes. As equipes vão se enfrentar em jogos de ida e volta, e apenas os primeiros colocados vão às oitavas de final. Na sequência, os oito classificados vão enfrentar os terceiros colocados de cada grupo da Libertadores nas oitavas de final.

Assim como o Tricolor,  Corinthians, Athletico Paranaense, Atlético-GO, Ceará e Red Bull Bragantino representam o Brasil na competição.

A fase de grupos da Copa Sul-Americana está prevista para começar no dia 20 de abril e terminar no dia 27 de maio.

Confira todos os grupos da competição:


GRUPO A

Rosario Central-ARG
Huachipato-CHI
12 de Octubre-PAR
San Lorenzo-ARG ou Santos

GRUPO B

Independiente-ARG
Bahia
Guabirá-BOL

Fénix-URU ou Montevideo City Torque-URU

GRUPO C

Jorge Wilstermann-BOL
Arsenal-ARG
Ceará
Bolívar-BOL ou Junior-COL

GRUPO D

Athletico Paranaense
Melgar-PER
Aucas-EQU
Metropolitanos-VEN

GRUPO E

Corinthians
Sport Huancayo-PER
River Plate-PAR
Peñarol-URU ou Cerro Largo-URU

GRUPO F

Newell’s Old Boys-ARG
Palestino-CHI
Atlético Gianiense
Libertad-PAR ou Atlético Nadional-COL

GRUPO G

Emelec-EQU
Tolima-COL
Talleres-ARG
Bragantino

GRUPO H

Lanús-ARG
La Equidad-COL
Aragua-VEN
Independiente-EQU ou Grêmio

Com mando do Bahia, Ba-Vi da 1ª fase do Baianão será em março

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) oficializou a tabela do Campeonato Baiano de 2021 e o primeiro clássico Ba-Vi já tem data. A partida entre os maiores clubes do estado será no próximo dia 17 de março, às 19h30, na Arena Fonte Nova.

No ano passado, em março, o clássico entre as duas equipes no estadual teve mando do Vitória. Na ocasião, o Esquadrão de Aço superou o Leão por 2 a 1, com direito a gol marcado nos últimos minutos pelo meia Arthur Rezende.

O Bahia fará a sua estreia no Baianão contra a Juazeirense no dia 21 de março, às 16h, na Arena Fonte Nova. Já o Vitória abre a competição antes, no dia 17, às 19h30, contra a Unirb.

Em seu primeiro domingo, programa atrai famílias para a praça

Neste domingo (20) teve início o programa Família na Praça, uma iniciativa da Prefeitura de Teofilândia através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte. Todo domingo a Praça José Luiz Ramos ficará fechada das 06h00 às 19h00. A proposta da prefeitura visa gerar opção de lazer para a população.

A movimentação nesta tarde foi grande, muitas famílias aproveitaram para passear pela praça. Diversas crianças com bicicletas e patins.

“Acredito que a iniciativa é algo muito positivo. Depois que virar costume, com certeza vai aumentar ainda mais a presença das famílias aqui. Eu mesmo irei levar o meu filho todos os domingos”, disse Gustavo Queiroz ao T.A.



Alexi Portela anuncia apoio a ‘MP do Futebol’ e diz que clubes do Nordeste estão unidos

A Medida Provisória 984, conhecida como “a MP do Futebol”, editada pelo presidente Jair Bolsonaro, causou rebuliço no Brasil.  Com isso, os clubes mandantes passaram a ter a prerrogativa de negociarem seus direitos de transmissão. Ex-presidente do Vitória e atual diretor da Liga do Nordeste, Alexi Portela se diz a favor da MP e garantiu que as agremiações nordestinas estão unidas. 

“Apoio a MP e já fizemos uma reunião na Liga. Amanhã iremos divulgar uma nota apoiando a MP”, disse Alexi, em entrevista ao programa Isso é Bahia, da A Tarde FM e Bahia Notícias.

No entanto, Alexi destacou a importância dos direitos de transmissão serem negociadas em bloco. 

“Negociar sozinho, como o Flamengo, é ruim. No Nordeste vamos negociar em conjunto. Não com as entidades e sim com os clubes. Fico muito feliz com essa posição dos clubes nordestinos em negociarem em conjunto”, acrescentou.

Top