Pesquisa reforça tendência de polarização entre Lula e Bolsonaro em 2022

O novo levantamento da Paraná Pesquisas divulgado nesta quinta-feira, 29, aponta para um cenário fortemente polarizado nas eleições de 2022, em uma disputa acirrada entre o ex-presidente Lula e o atual, Jair Bolsonaro. No segundo turno, conforme a pesquisa, Lula venceria Bolsonaro por 43,4% dos votos contra 38,2%. Como novidade, surge na pesquisa o apresentador José Luiz Datena como terceiro colocado, na frente de nomes considerados como apostas para a “terceira via”, como Ciro Gomes (PDT), João Doria (PSDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM).

Em todos os sete cenários compostos pelo instituto, Lula aparece na liderança, mas na maior parte deles a briga é apertada. Um deles mostra o petista com 33,7% das intenções de voto e Bolsonaro com 32,7%. Recém-filiado ao PSL, Datena aparece logo atrás com 7%, praticamente empatado com o pedetista Ciro Gomes, que tem 6,85%. Mais atrás vem Doria, com 3,95%, o ex-ministro da Saúde, Mandetta, com 1,8%, e a senadora Simone Tebet, com 0,7%. Pretendido pelo PSD, Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, tem 0,6% das intenções de voto.

Somente com Lula e Datena na disputa, ex-presidente venceria com mais folga: 43,1% a 31,5%. O apresentador também perderia para Bolsonaro, mas com uma margem abaixo de 3 pontos percentuais – 38,4% votariam em Bolsonaro enquanto 35,5% em Datena. Foram ouvidos 2.010 eleitores brasileiros de 26 estados e o Distrito Federal entre os dias 24 e 28 de julho de 2021. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

DJ Ivis surge em foto com cabelos raspados após ter habeas corpus negado pela Justiça

Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, teve o pedido de habeas corpus negado pela Justiça no último sábado (17), e permanecerá preso por tempo indeterminado à disposição da Polícia, que investiga o caso de agressão cometido pelo artista contra a ex-mulher, Pamella Holanda.

Nesta segunda-feira (19), imagens do músico com os cabelos raspados passaram a circular na internet.

De acordo com Leo Dias, do Metrópoles, o registro foi feito logo após a chegada de Ivis na Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz, no Ceará, na última quarta (14).

Caso Ivis seja condenado pelo crime de lesão corporal, o músico pode pegar pena máxima de três anos em regime aberto ou semiaberto.

No final de semana, um vídeo gravado pelo DJ antes de ser preso foi divulgado na internet. Na filmagem, Ivis aparece pedindo desculpas e afirmando que errou.

“Eu não sou esse monstro. Não sou essa pessoa ruim”, diz em um trecho (veja aqui completo).

Trabalhadores nascidos em junho podem sacar auxílio emergencial nesta sexta

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em junho podem sacar, a partir desta sexta-feira (9) a terceira parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 24 de junho.

Segundo a Agência Brasil, os recursos também poderão ser transferidos para uma conta-corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Sikêra Jr. perde perfil no Instagram após chamar gays de ‘raça desgraçada’

Quem tentou acessar o perfil de Sikêra Jr no Instagram na manhã desta quarta-feira (7) se deparou com a seguinte mensagem: “Esta página não está disponível”.

O apresentador teve a conta com mais de seis milhões de seguidores derrubada após as polêmicas com a comunidade LGBTQIA+, entre elas a de chamar gays de “raça desgraçada”. Não se sabe se Sikêra optou por desativar o perfil, ou se a plataforma derrubou a conta dele após as denúncias de internautas.

Além de perder patrocinadores, o comunicador responde a uma ação civil pública no Ministério Público Federal e da Associação Nuances (Grupo pela Livre Expressão Sexual) pelas ofensas.

É pedido que Sikêra e a RedeTV!, que transmite o programa Alerta Nacional, sejam condenados a pagar R$ 10 milhões por danos morais coletivos (leia aqui).

Gravações indicam que Bolsonaro demitiu ex-cunhado por não entregar salário em esquema de rachadinha

O presidente Jair Bolsonaro demitiu o ex-cunhado André Siqueira Valle do cargo de assessor por não entregar a maior parte do seu salário para um suposto esquema de rachadinha. O caso teria ocorrido quando Jair Bolsonaro ainda era deputado federal e foi revelado por gravações da irmã do assessor, Andrea Siqueira Valle, obtidas pelo UOL.

André Siqueira é irmão da segunda mulher de Bolsonaro, Ana Cristina Siqueira Valle. Bolsonaro se casou com ela em 1998 e desde então pelo menos 18 parentes de Ana Cristina foram nomeados a cargos em seu gabinete ou no dos filhos Carlos e Flávio.

As nomeações são alvos de investigação por um suposto esquema de funcionários fantasmas e rachadinhas que chegam a 90% do valor do salário dos nomeados. De acordo com as gravações, André se negou a entregar parte do seu salário e então foi demitido a pedido de Bolsonaro:

“O André deu muito problema porque ele nunca devolveu o dinheiro certo que tinha que ser devolvido, entendeu? Tinha que devolver R$ 6.000, ele devolvia R$ 2.000, R$ 3.000. Foi um tempão assim até que o Jair pegou e falou: ‘Chega. Pode tirar ele nunca me devolve o dinheiro certo’. Não sei o que deu pra ele”, conta Andrea em um trecho do áudio.

Além dos áudios, Andrea teria revelado em pelo menos outras duas ocasiões a fontes próximas a ela o esquema de desvio de salários operado no gabinete de Jair, segundo a reportagem.

André trabalhou no gabinete de Jair Bolsonaro entre novembro de 2006 a outubro de 2007. Neste período seu salário era de 6.010,78 reais. Apenas nos últimos 15 dias, em uma breve mudança de cargo antes de ser exonerado, passou a receber metade deste valor, cerca de 3 mil reais.

Antes de ser nomeado no gabinete de Jair Bolsonaro, André também ocupou cargo no gabinete de Carlos Bolsonaro, entre 2001 e 2005 e depois de fevereiro de 2006 até novembro daquele ano, quando foi nomeado por Jair.

Já a irmã Andrea, autora das gravações, é o centro da investigação de esquema de rachadinha no gabinete de Flávio Bolsonaro. Ela ocupou cargos nos gabinetes de Jair, Carlos e Flávio durante vinte anos.

De acordo com a investigação, no período em que ocupou os cargos, Andrea frequentava academias três vezes ao dia e fazia bicos de faxineira. Enquanto esteve no gabinete de Flávio, ela ainda teria sacado em dinheiro mais de 98% dos seus vencimentos, 663 mil reais.

Deputado Osni Cardoso articula implantação de nova unidade do Corpo de Bombeiros na região do Sisal

A região do Sisal vai ganhar uma nova unidade do Corpo de Bombeiros, desta vez no município de Serrinha. O deputado Estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, Osni Cardoso (PT), esteve reunido com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, Adson Marchesini, que confirmou a ida de um subgrupamento para o município.

A nova unidade deve ser instalada na atual sede da CETO (Companhia de Emprego Tático e Operacional) por se tratar de um local de fácil acesso e em posição estratégica para atender emergências tanto em Serrinha quanto em outros municípios com mais celeridade. A CETO foi instalada em 2015 durante a gestão de Osni Cardoso como prefeito de Serrinha.

“O Corpo de Bombeiros é uma luta antiga nossa. Em breve teremos homens e mulheres trabalhando na prevenção, busca e salvamento de acidentes, desmoronamentos ou incêndios em Serrinha e nos demais municípios da região do sisal”, destacou o deputado.

A Polícia Militar de Serrinha também vai ganhar novas instalações, possivelmente ficando na antiga sede da Coelba por se tratar de um local amplo e que atende melhor às demandas e necessidades dos profissionais.

É falso que ICMS representa R$ 50 no preço do botijão de gás

Circula pelas redes sociais uma imagem com o desdobramento do preço do botijão de gás. De acordo com o texto, o valor cobrado pela Petrobras seria de R$ 45,85; frete, distribuição e lucro somariam R$ 14,15; os impostos federais representariam R$ 0,85; e o maior valor estaria no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é estadual, e chegaria a R$ 50. Logo, a culpa pelo alto custo do botijão seria dos governadores. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado.

Os dados mais recentes sobre o preço médio do botijão de gás de 13 quilos, disponíveis no site da Agência Nacional de Petróleo (ANP), mostram que os valores citados no post estão errados. O ICMS cobrado em abril deste ano foi de R$ 12,07, dentro de um preço final médio de R$ 85,01 — ou seja, representou 14,2% do total. Já os impostos federais foram zerados desde 1º de março deste ano, por meio do Decreto nº 10.638.  

A Petrobras, que concentra a produção de GLP no país, define a maior fatia dentro do preço final, cobrando R$ 42,06 pelo produto — praticamente a metade. Em janeiro, a estatal federal pedia R$ 35,38 pelo gás, mas aumentou o valor progressivamente ao longo do ano, por conta da sua política de preços atrelada ao valor do dólar. A tabela da ANP mostra que o decreto que zerou os impostos federais acabou não surtindo efeito para baratear o botijão. Até fevereiro, eram cobrados, em média, apenas R$ 2,18 de PIS/Cofins.

A margem bruta da distribuição permaneceu praticamente estável no período, indo de R$ 9,51, em janeiro, para R$ 9,82 em abril. A margem bruta de revenda, contudo, passou de R$ 18,81, em janeiro, para R$ 21,06, em abril. Já o ICMS variou de R$ 10,87 para R$ 12,07 no mesmo período. Isso indica que o desconto aplicado nos impostos federais acabou sendo absorvido pelos reajustes ocorridos nos outros itens que compõem o preço do botijão de gás de 13 quilos, mas é falso dizer que a culpa é do imposto cobrado pelos estados.

Fonte: Agência Lupa

CPI convoca Ricardo Barros e diretor da Saúde citado em denúncia de propina por vacina

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid aprovou a convocação do líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), nesta quarta-feira (30). O ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Dias, também foi convocado.

A convocação de Ricardo Barros acontece depois do depoimento dos irmãos Miranda à CPI, na semana passada. De acordo com relato, houve pressão pela liberação da vacina indiana Covaxin, mesmo com a constatação de irregularidades no contrato pela área técnica.

Ainda segundo o depoimento, a suposta pressão e indicativos de fraude foram relatados ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que teria atribuído o caso ao deputado Ricardo Barros.

Exonerado na noite desta terça-feira (29), Roberto Dias é apontado como um dos que pressionaram pela liberação da Covaxin. O movimento foi feito após entrevista publicada pela Folha de S. Paulo com o representante da Davati Medical Supply no Brasil, Luiz Paulo Dominguetti, que também foi convocado. O empresário afirmou que o diretor da Saúde pediu propina de US$ 1 por cada dose de vacina da AstraZeneca para a empresa assinar contrato com o ministério.

Satélite Amazonia 1 é aprovado para entrar em fase operacional

O Satélite Amazonia 1 foi aprovado para iniciar sua função operacional na última sexta-feira (25). A Missão Amazonia 1 foi desenvolvida INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), em parceria com a AEB (Agência Espacial Brasileira).

De acordo com nota divulgada pelo INPE nesta segunda-feira (28), todos os sistemas e funcionalidades do satélite foram verificados e aprovados.

Com isso, o satélite pode entrar em fase de rotina. De acordo com o INPE, “futuras missões que possam ser atendidas por essa plataforma poderão se beneficiar de sua herança de voo, com menores esforços e prazos de desenvolvimento e, portanto, com menor investimento”.

Amazonia 1

O satélite brasileiro Amazonia-1, de sensoriamento remoto, foi colocado em órbita na madrugada de 28 de fevereiro. O lançamento realizado no Satish Dhawan Space Centre, SHAR, em Sriharikota, na Índia. Este é o primeiro satélite de observação da Terra completamente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil.

O Amazonia 1 foi desenvolvido pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Especiais), em São José dos Campos, em parceria com a Agência Especial Brasileira e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

As informações do satélite contêm resolução de 64m e largura da faixa de 866km, que serão úteis para aplicações, como o monitoramento da região amazônica, da diversificada agricultura em todo o território nacional, da região costeira, de reservatórios de água, florestas naturais e cultivadas e desastres ambientais.

O satélite Amazonia 1 vai operar em conjunto com os satélites CBERS-4 e CBERS-4A, lançados, respectivamente em dezembro de 2014 e dezembro de 2019.

Para 3 em cada 5 brasileiros preço dos produtos nos supermercados aumentaram muito

A percepção de 3 em cada 5 brasileiros é de que preço dos produtos nos supermercados e mercados aumentaram muito nos últimos 30 dias. 

Um levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas identificou que para 65,8% das pessoas o preço pago cresceu muito. Os que entendem que os preços aumentaram, mas não muito representam 27,1%; enquanto 4,6% entendem que permanecem iguais. Os dados mostram que 1,4% percebeu que os preço diminuíram. 1,1% não soube opinar. 

O entrevistados também responderam sobre a percepção em relação ao preço dos remédios. Os resultados mostram entre os que foram em alguma farmácia para comprar medicamentos nos últimos 30 dias 43% acham que aumentaram muito; 34,6% que aumentaram; 18% que permenecem iguais; e 1,4% que diminuíram. Aqueles que não souberam respondem representam 3,1%. 

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas, a partir de abordagem pessoal em domicílios, com habitantes de 16 anos ou mais, em 26 estados e Distrito Federal e em 152 municípios brasileiros durante os dias 12 a 16 de junho de 2021. O grau de confiança de 95% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais.

Top