PF deflagra operação contra fraude em licitações de transporte escolar no Norte baiano

Uma operação da Polícia Federal (PF) cumpre seis mandados de busca e apreensão em Jeremoabo e Paulo Afonso, no Norte baiano. A operação batizada de Jerimum tem como objetivo desarticular um esquema especializado em fraudar licitações da prefeitura de Jeremoabo no serviço de transporte escolar, com superfaturamento de preços e desvio de recursos públicos.

Segundo a PF, o esquema contava com “laranjas” que serviam como proprietários das empresas contratadas, com a finalidade de ocultar o real beneficiário da fraude. Os suspeitos ainda alteravam a razão social das empresas, para disfarçar a continuidade do delito, ou ainda incluíam novas empresas do mesmo grupo criminoso para participar das licitações fraudulentas.



Ainda segundo a PF, mesmo feitas em pregões eletrônicos, as licitações apresentavam diversas falhas: não disponibilizavam todos os documentos e/ou links necessários para outras empresas participarem do certame, ou dificultavam o acesso para incluir/encaminhar documentos. Com isso, findava por gerar a desclassificação das empresas participantes e a restrição da concorrência.

Cerca de 30 policiais federais cumprem os mandados judiciais, inclusive na sede da Secretaria Municipal de Educação de Jeremoabo. A intenção é colher elementos para robustecer as evidências de fraudes e dos desvios de recursos públicos praticados em desfavor do município e da União, além de revelar outros envolvidos por ventura ainda não identificados.

O nome da operação, Jerimum, faz alusão à origem do nome do município Jeremoabo, que provém do Tupi e significa “plantação de abóboras”. Ainda não há informações sobre o volume de dinheiro desviados.

Quase eleita na eleição passada, Mi do Sindicato confirma pré-candidatura a vereadora em Teofilândia

Por pouco, Ademilza Oliveira, mais conhecida como Mi do Sindicato, não foi eleita nas eleições municipais de 2020 em Teofilândia. Naquele ano, conseguiu obter 326 votos e ficou bem perto de conseguir uma vaga na Câmara Municipal de Vereadores do município, tornando-se primeira suplente pelo PSD.

De acordo com ela, em 2024 não será diferente. Mi do Sindicato confirmou que é pré-candidata a vereadora ao Teofilândia Acontece. “Nosso trabalho não parou. Estamos sempre ao lado do povo, ouvindo, dialogando, focada em buscar o melhor para população teofilandense. Sou pré-candidata a vereadora”, enfatizou.

Aos 47 anos, ela é Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Teofilândia há mais de uma década e, por isso, Mi do Sindicato foca muito na área rural. “Sou filha de agricultores, trabalho com agricultores e sei bem o que essa classe precisa. Já conseguimos várias parcerias históricas que nunca tinham sido realizadas e o nosso trabalho cresce cada vez mais”, destacou Mi, que também tem um movimento voltado para os evangélicos na cidade.

Mi do Sindicato agora é do PSB (Partido Socialista Brasileiro). Faz parte do grupo do atual prefeito Higo Moura, assim como na última eleição municipal.

Concurso Nacional Unificado é remarcado para o dia 18 de agosto; saiba detalhes

O Governo Federal anunciou nesta quinta-feira (23), a nova data de realização do Concurso Público Nacional Unificado (CNPU), o “Enem dos Concursos”. As provas do certame serão aplicadas no dia 18 de agosto, em 228 municípios do Brasil. 

A medida foi anunciada pelo Ministério da Gestão nesta quinta. Anteriormente, as avaliações estavam marcadas para o dia 5 de maio. No entanto, o concurso foi adiado por conta das fortes chuvas no Rio Grande do Sul. Todos os 18.757 malotes de prova foram recolhidos em todo o Brasil e enviados para um local seguro.

Mais de 2 milhões de pessoas se inscreveram no concurso nacional. Os candidatos vão concorrer a 6.640 vagas distribuídas em 21 órgãos do governo federal. De acordo com a pasta, o novo cronograma completo será divulgado em breve, com datas de resultados, convocações, entre outros.

Os candidatos vão precisar acessar novamente os cartões de prova para confirmar se o local em que vai realizar a prova foi mantido ou alterado. Já o cartão de confirmação com as informações de inscrição e locais de prova do certame será divulgado no dia 7 de agosto.  

O documento está disponível através da Área do Candidato, mesma página da Internet onde a inscrição foi realizada. Para acessar, é necessário fazer login com os dados da conta do GOV.BR. Para pessoas do Rio Grande do Sul, será feita uma análise especial para garantir o acesso das pessoas inscritas no estado.

Pastor é preso por fazer “unção da sacanagem” e transar com fiéis

Preso preventivamente, o pastor Sinval Ferreira (foto em destaque), 41 anos, é o religioso alvo da Operação Jeremias 23, deflagrada pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) nesta quarta-feira (22).

Com 30 mil seguidores nas redes sociais, o religioso simulava ser um profeta e ter revelações trágicas envolvendo a morte de parentes dos fiéis. Para livrá-los do infortúnio, os homens deveriam receber sexo oral e transar com o líder evangélico.

Nas redes sociais, o pastor compartilha fotos e vídeos sobre sua rotina com a família e as pregações em uma igreja evangélica localizada em Samambaia.

Segundo as investigações da Operação Jeremias 23 — passagem bíblica que faz alusão aos falsos profetas —, o religioso usava a influência para abusar sexual e financeiramente dos fiéis que frequentavam a comunidade da qual ele é líder.

Unção da sacanagem – O pastor era visto como uma espécie de profeta na comunidade religiosa pela suposta capacidade de ter revelações que se concretizavam. Usando do seu prestígio, ele abordou uma das vítimas, que era fiel da sua igreja, e o avisou que teve uma visão em que a esposa dele iria morrer.

Segundo as investigações, para satisfazer seu desejo sexual, o pastor garantiu à vítima que “Deus” teria dado ordem para que ele salvasse a esposa do obreiro da morte. A “revelação” consistia na realização de “sete unções” que teriam o poder de “quebrar a “maldição” e salvar a vida da esposa da vítima. Para funcionar, as unções teriam que ser realizadas nas partes íntimas do fiel. Com receio das ameaças do religioso, o homem acabou cedendo às investidas e manteve relações sexuais com o pastor.

Sempre sob ameaças de morte de algum parente próximo, o pastor obrigava os fiéis a terem relações sexuais com ele e também com outros frequentadores da igreja. Uma mulher, de 58 anos, também pastora, em Sobradinho, era cúmplice do autor e o auxiliava com as ameaças de castigo celestial. Além disso, também mulher mantinha relações sexuais com os fiéis na presença do autor. No entanto, a pastora não é alvo de mandado de prisão.

Orgias na chácara – Além de vantagens sexuais, o autor também auferia vantagem financeira dos membros da igreja. Para conseguir o dinheiro, o autor agia da mesma forma, ou seja, ameaçava os fiéis de que um ente querido morreria ou ficaria paralítico, e então os obrigava a fazer generosas doações para a igreja.

Uma das vítimas, que é mulher, além de realizar generosas doações para igreja, chegou a pagar passagem e hospedagem para o autor viajar ao Rio de Janeiro. A mesma fiel chegou a emprestar uma chácara que tinha, onde o autor realizou “orgias” com outros membros da igreja.

As buscas foram cumpridas nas cidades de Vicente Pires, Samambaia e Sobradinho. Os autores irão responder pelos crimes de violação sexual mediante fraude e extorsão, cujas penas podem chegar a 17 anos de prisão.

Mulher é acusada de aplicar golpe do falso câncer em Salvador e enganar influenciadores para arrecadar doações

O que parecia ser um caso de solidariedade para ajudar Drielle Menezes, uma jovem baiana que enfrentava um câncer, foi descoberto como um golpe aplicado para conseguir dinheiro através de vaquinha, rifa e vendas importadas na internet, que fisgou alguns influenciadores locais.

O caso de Dri Sena, como a mulher se apresentava nas redes sociais, ganhou repercussão após o influenciador digital e empresário Pedro Valente, dono de um perfil com mais de 138 mil seguidores, expor a situação na internet.

Toda situação envolvendo a mulher teve início em 2020. Na época, a primeira vez que Pedro divulgou o caso, ele chegou a marcar outros nomes como Danniel Vieira, Lívia Cady, Ricardo Chaves, Gege Magalhães e Rafa Mattei, para ajudar Dri a arrecadar dinheiro para a compra de medicamentos.

Na ocasião, Pedro divulgou o trabalho dela com a venda de caixas de sabonetes e pediu para que os amigos ajudassem na campanha para ajudar Dri, um plano considerado pelo influenciador como perfeito.

“Elas surgiram durante a pandemia. Quando a gente tava um pouco mais sensibilizado com qualquer coisa, a sensação é de que a gente ia morrer. E aparece uma menina com câncer metástase, dois tipos de câncer, pulmão e leucemia. No meio da pandemia. E todo mundo que teve contato pensava ‘Meu Deus, a gente achando a nossa vida miserável e essa menina vivendo isso’. Todo mundo com aquele coração aberto. Foi o ambiente perfeito para o golpe”, disse.

A decisão do influenciador de tornar o caso público aconteceu a pouco menos de uma semana. “Muito mais gente do que eu imaginava caiu no golpe por dois anos. Teve gente que doou quantias altíssimas por mês, como um compromisso mensal, teve gente que pagou alguns alugueis. Várias pessoas pagaram vários alugueis atrasados. Isso é a ponta do iceberg”.

Segundo Pedro, o despertar veio em três momentos. O primeiro foi quando ela negou ajuda de uma assessoria jurídica para conseguir acesso aos serviços do SUS. O segundo foi quando recusou o atendimento particular de um oncologista e o terceiro foi quando ela mencionou a história de que seria despejada em meio a pandemia da Covid-19 por um atraso no pagamento do aluguel.

Diversas pessoas se disponibilizaram a pagar o aluguel e ajudar o caso, outro influenciador que denunciou a história foi Jatel Barbosa. Foram mais de duas pessoas que pagaram o valor do aluguel atrasado.

“Elas moravam de porta com porta comigo, vizinhos me chamava de “pai”, usavam meu carro, usavam da parte mais importante que é o sentimento de amor ao próximo, me sensibilizaram ao ponto de me fazer chorar várias vezes, eu levava pra cuidar da manutenção do cateter, eu ia buscar enfermeiros […] Até os dias de hoje sofro com o golpe. Vendi um carro, 09 cartões de crédito, balançou meu casamento”, contou.

Uma terceira internauta afirmou que após começar a desconfiar da situação, voltou para ler as receitas médicas enviadas por Drielle, que não faziam sentido com a situação que ela vivia. “Comecei a analisar as receitas médicas. Ela mandava porque dizia que precisava de ajuda para comprar os remédios. Agora eu vejo que muita coisa não bate”.

Segundo Pedro, Drielle pedia ajuda a médicos com as receitas para validar a doença. “Como ninguém duvidava que ela estava doente, os médicos faziam essas receitas para ela. E com essas receitas, as duas saíam pedindo pix para exames e remédios”.

Uma das pessoas que ajudava Drielle e a mãe resolveu confrontar a dupla sobre o golpe. “Ela ficou extremamente agressiva, com ameaças. Ela mandou um áudio para essa minha amiga e ela virou uma pessoa que era totalmente diferente do que a gente conhecia. E a conversa dela para dezenas e dezenas de pessoas é sempre a mesma, quando a pessoa perguntou o que aconteceu ela dizia que estavam passando por grandes dificuldades.”

As informações são do Bahia Notícias.

Criminoso em fuga invade casa e faz família refém na zona rural de Barrocas

Um homem foi preso depois de manter uma família refém no povoado Baraúna do Rumo, em Barrocas, na tarde desta segunda-feira (20). Conforme apurou a reportagem do PCS – Portal Clériston Silva, o suspeito, Genário Xavier de Oliveira, de 37 anos, vulgo “Caburé”, invadiu a casa em uma tentativa de fugir da polícia.

Segundo a apuração, a situação começou por volta das 13h00 quando equipes policiais faziam patrulhamento com o intuito de localizar o suspeito – que acumula processos por homicídio e tentativas de homicídio – e estaria praticando outros delitos na comunidade. Ele foi beneficiado, no Dia das Mães, com a saída temporária, mas não retornou ao sistema penitenciário.

Quando notou a chegada dos agentes de segurança, o suspeito invadiu uma residência e manteve três pessoas da casa reféns, sob a mira de duas armas. Ele chegou a efetuar um disparo para intimidar os reféns, mas ninguém se feriu.

Equipes de Operações Táticas do 16º BPM e da Polícia Civil foram acionadas e o criminoso se rendeu e liberou os reféns, dois homens de 24 e 43 anos e uma mulher de 44, sem ferimentos, após duas horas de negociação. O criminoso exigiu a presença da imprensa, de um advogado e da esposa antes de se render.

Com Genário, foram encontrados dois revólveres calibres 22 e 38. O preso e as armas apreendidas foram apresentados a Delegacia Territorial (DT) de Serrinha, onde a ocorrência foi registrada.

Crimes – Genário é responsável pela morte da própria cunhada, Judite Pereira Avelino. O crime aconteceu em novembro de 2013, quando o suspeito disparou contra Judite nas costas. Ela havia procurado intervir numa discussão que o suspeito mantinha com a ex-mulher dele, que era irmã da vitima [relembre aqui]. Em 2012, ele já havia tentado matar a ex-mulher com uma foice. 

Em 2014, o criminoso foi preso por balear um jovem de 22 anos durante uma festa de réveillon na cidade de Araci. * Com imagens do Jornal A Nossa Voz

Trezena de Teofilândia terá shows de Tarcísio do Acordeon, Heitor Costa, Tayrone, Devinho Novaes e muito mais

O Arraiá das Pedras 2024 terá, mais uma vez, grandes atrações em sua edição deste ano. A tradicional Trezena Santo Antônio de Teofilândia, que acontece todo ano de 1 a 13 de junho, contará com Tarcísio do Acordeon, Heitor Costa, Tayrone, Devinho Novaes, Netro Brito e muito mais. As informações foram confirmadas pelo prefeito Higo Moura.

A Trezena é a festa pública mais tradicional de Teofilândia, realizada há mais de 30 anos, e terá também um show do Padre Antônio Maria.

A divulgação oficial com as datas específicas para cada apresentação musical ocorrerá em breve na página oficial da Prefeitura de Teofilândia.

A maior parte da verba investida no evento é do Governo do Estado da Bahia através da Secretaria da Cultura.

Governo do Estado entrega vans escolares que vão atender estudantes da zona rural de 54 municípios

Os estudantes da zona rural de 54 municípios baianos serão beneficiados com vans escolares entregues, nesta segunda-feira (20), pelo Governo do Estado. O ato ocorreu no Parque de Exposições, em Salvador, e contou com a participação do governador Jerônimo Rodrigues.

O chefe do executivo baiano destacou o comprometimento com a mobilidade e segurança dos estudantes por meio da entrega dos veículos. “Aqui é transporte. Primeira segurança dos estudantes e é um carro confortável, com agilidade no tempo, que facilita a mobilidade”, pontuou. Jerônimo ainda acrescentou que “essas vans não estão soltas no contexto da educação, nós estamos tratando de escolas novas, de contratação de pessoal, de programas sociais que garantem a permanência dos estudantes na escola”, reforçou.

Foram destinados quase R$ 15 milhões na aquisição e preparação das 54 vans. O valor foi oriundo de emendas parlamentares. Esses veículos vão impactar positivamente na rotina diária dos estudantes que moram distante das sedes, ao proporcionar conforto, pontualidade e menor tempo nas viagens, contribuindo com a formação educacional e social deles.

De acordo com a secretária da Educação em exercício, Rowenna Brito, além das escolas de tempo integral, os investimentos em educação passam por ações como essa. “Isso garante que o estudante consiga chegar na hora certa na escola. Isso garante segurança nesse transporte escolar e, sobretudo, a permanência do estudante”, comentou.

Atualmente, a rede estadual de ensino tem aproximadamente 121.500 mil estudantes que residem na zona rural, onde há necessidade de transporte escolar para acessar as unidades. O Governo do Estado vem contribuindo com a renovação da frota própria dos municípios, adquirindo ônibus rurais e vans escolares, o que aumenta a qualidade do serviço para os estudantes, tanto municipais quanto estaduais.

O prefeito da cidade de Ipirá, Edvonilson Santos, conhecido como Dudy, falou da parceria com o governo baiano para a ampliação da frota. “Para a gente é muito importante e que venham mais vans para que a gente possa ofertar para a nossa classe estudantil. Se não houvesse essa parceria com o Governo do Estado, a gente não teria condição de ofertar tanto serviço e obra, que o povo tanto necessita”, ressaltou.

Municípios contemplados

Os 54 veículos foram destinados para Banzaê, Barra, Boninal, Cachoeira, Caem, Camaçari, Canudos, Casa Nova, Catu, Central, Cipó, Correntina, Dom Macedo Costa, Governador Mangabeira, Guanambi, Ibicaraí, Ibititá, ibotirama, Ilhéus, Ipirá, Itabela, Itacaré, Itaetê, Itapitanga, Itaquara, Ituberá, Jaguarari, Jequié, Juazeiro/Uneb, Lajedinho, Lençóis, Licínio de Almeida, Madre de Deus, Mansidão, Maracás, Matina, Monte Santo, Olindina, Paulo Afonso/Uneb, Poções, Presidente Tancredo Neves, Rio Real, Santa Bárbara, Santo Estevão, Sátiro Dias, Seabra, Serra Dourada, Sítio do Mato, Sobradinho, Tanque Novo, Ubaíra, Ubaitaba, Vitória da Conquista e Wanderley.

Homem é morto e outro é baleado em festa na zona rural de Teofilândia

A polícia investiga a morte de Givanildo de Jesus Santos, de 25 anos, morto na madrugada do último domingo (19) durante uma festa no povoado Baixa Queimada, em Teofilândia. O crime aconteceu por volta de 3h.

Givanildo foi atingido, não resistiu aos ferimentos e morreu antes de receber os primeiros socorros. Na mesma situação foi baleado Rodrigo Thomás Bispo, de 32 anos. Ele foi atingido por um tiro no braço e socorrido para o Hospital Municipal Waldemar Ferreira de Araújo.

Rodrigo relatou aos policiais que atenderam a ocorrência que estava na festa quando o suspeito se aproximou e perguntou porque ele o estava encarando. Sem dizer mais nada, o homem sacou um revólver e atirou. Rodrigo conseguiu se esquivar e correr, porém, o suspeito teria ido atrás dele atirando e atingiu Givanildo, que estava no local na companhia de dois amigos. 

Até a publicação desta reportagem, o autor do crime não havia sido preso.

Bahia tem baixa nas festas particulares de São João; das 6 maiores, apenas 1 está confirmada

Por Bianca Andrade | Bahia Notícias

Enquanto uma chama se apaga com o fim do Carnaval em Salvador e a chegada da Quarta-feira de Cinzas, uma fagulha começa a acender o símbolo de uma das maiores tradições do estado, a fogueira do São João.

O adeus aos sete dias de festa em fevereiro por muitos anos, mas especificamente o fim dos anos 90 e início dos anos 2000, significou o início dos preparativos para os festejos juninos. Porém, desde o fim da pandemia da Covid-19, o braseiro parece ter ficado cada vez mais fraco e o calor do público para as festas de São João se resume a curtir o evento da forma mais prática e barata: nas praças.

Desde 2023, o cancelamento de grandes festas pagas de São João tem chamado a atenção dos amantes dos festejos juninos. No ano passado, o Forró do Lago (2002-2022), em Santo Antônio de Jesus, e o Forró do Bosque (2000-2022), em Cruz das Almas, anunciaram uma “pausa” na realização do evento, sem justificar o motivo do cancelamento.

O Lago, de Bell Marques, foi substituído por uma festa com Henrique e Juliano e Nattan no mesmo lugar em que a festa do Rei do Axé acontecia.

Já Bosque e Piu-Piu (1996-2022) ficaram sem substitutos. A expectativa era de que as festas anunciassem o retorno em 2024, no entanto, a menos de 40 dias para o São João, as produtoras não anunciaram novas edições. O que foi dado ao público em retorno foi o cancelamento de outro grande evento, o Brega Light (2001-2023), em Ibicuí.

Leia a matéria completa clicando aqui.

Top