Dois homens são presos suspeitos de tráfico de drogas em Araci

Dois suspeitos de tráfico de drogas foram presos por uma equipe da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Nordeste) durante patrulhamento de rotina na cidade de Araci, na tarde desta segunda-feira (4). A polícia apreendeu drogas e uma arma com os dois homens.

De acordo com informações colhidas pelo PCS, a ronda acontecia por volta das 16h30 nas proximidades do posto de combustíveis Juliana quando os policiais abordaram dois homens que estavam em atitude suspeita. Com eles, os policiais apreenderam 10 trouxinhas de maconha, um celular e um revólver calibre 32 municiado. 

Os suspeitos e o material apreendido foram levados para a Delegacia de Polícia Civil. Na delegacia, foi constatado que um dos indivíduos possuía um mandado de prisão por homicídio.

Auto Posto Teofilândia promove a campanha “Solidariedade, o combustível que move o mundo”

O ano de 2020 foi difícil e despertou ainda mais o desejo no ser humano de ser solidário. Tivemos marcos que inspiraram em todos a vontade de mais justiça social.

Pensando assim, o Auto Posto Teofilândia promove a Campanha “Solidariedade, o combustível que move o mundo”, arrecadando roupas, alimentos, produtos de limpeza e higiene pessoal, com o intuito de beneficiar pessoas carentes do município de Teofilândia.

Mesmo conscientes de que não se trata de uma solução definitiva, o Auto Posto Teofilândia acredita que pode amenizar as necessidades de algumas famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade.

Participe você também, pois doar faz tão bem pra quem doa, quanto pra quem recebe. Abrace essa causa, entre em contato pelo @autopostoteofilandia ou entregue pessoalmente sua doação no próprio posto, que é o ponto de arrecadação.

Contato e endereço:
Travessa José Clemente
S/N, Centro – Teofilândia – Bahia
WhatsApp: 075 98257-1086

Centenas de peixes são encontrados mortos no açude Cabeça da Vaca

Uma grande quantidade de peixes foi encontrada morta nesta sexta-feira (1º), no açude da Cabeça da Vaca, em Serrinha. Imagens feitas no local mostram vários peixes mortos nas margens do açude.

Não há informações sobre o que possa ter causado a mortandade dos peixes. A prefeitura informou que não há esgoto no açude, que fica no limite com o município de Teofilândia. A água não é usada para o consumo da população, porém muita gente vai ao local como forma de lazer para tomar banho.

“O fato é que os peixes morreram. A gente fez o contato com o Inema, que fará a análise da água, para ver o motivo dessa falta de oxigênio que levou os peixes à morte”, disse o secretário municipal de agricultura de Serrinha, Silvaney Santiago.

A amostra da água coletada deve ser analisada pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) nesta segunda-feira (4).

Ministério da Saúde: vacinação poderá começar em 20 de janeiro

A vacinação contra a covid-19 pode começar no dia 20 de janeiro, segundo o Ministério da Saúde. Se não for possível, em um cenário “médio”, a imunização poderia ter início entre esta data e 10 de fevereiro. Em um cenário menos favorável, a vacinação no Brasil poderá ocorrer a partir de 10 de fevereiro.

A projeção foi apresentada pelo secretário executivo da pasta, Élcio Franco, em entrevista coletiva hoje (29) na sede do órgão, em Brasília. Franco destacou que o melhor cenário depende de uma conjunção de aspectos, especialmente dos laboratórios com vacinas em desenvolvimento cumprirem os requisitos de registro, seja emergencial ou definitivo.

“Isso [a vacinação no dia 20 de janeiro] vai depender de uma série de fatores, inclusive de logística, e dos laboratórios estarem em dia com o seu processo de submissão contínua e do  processo de registro com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Não depende de nós, depende do laboratório cumprir com a sua parte”, declarou.

Países como Estados Unidos, Reino Unido e nações da União Europeia já iniciaram planos de imunização contra a covid-19. Na América do Sul, a Argentina começou a aplicar um imunizante contra a doença em públicos prioritários.

Uma das opções cogitadas pelo Ministério da Saúde para a imunização da população brasileira é a vacina desenvolvida pela Pfizer – já autorizada nos Estados Unidos e na Europa. Mas até agora a empresa não deu entrada no pedido de autorização emergencial.

Ontem, a farmacêutica divulgou nota na qual afirmou que participou de reunião com a Anvisa no dia 14 de dezembro para “esclarecer dúvidas sobre o processo de submissão para uso emergencial” e que a solicitação não ocorreu até agora porque as “condições estabelecidas pela agência requerem análises específica para o Brasil, o que leva mais tempo de preparação.”

Segundo a Pfizer, entre as condições exigidas estaria o levantamento de dados sobre aplicação da vacina em brasileiros. Em agências de outros países, acrescentou a nota da empresa, a análise não faz distinções entre populações específicas.

A Pfizer argumentou que o processo demanda apresentação do quantitativo de doses, o que só poderia ser definido após a celebração de um contrato definitivo.

Prefeitura de Teofilândia compra 2 ônibus com ar-condicionado para transportar estudantes até Feira de Santana

O atual prefeito de Teofilândia, Tércio Nunes (PP), divulgou a aquisição de mais dois ônibus, desta vez com ar-condicionado, para o município nesta terça-feira, 29 de dezembro.

“Ônibus com capacidade de 51 passageiros, com ar-condicionado para transportar alunos para faculdade na cidade de Feira de Santana.
ada ônibus tem um investimento de 383.000,00 (trezentos e oitenta e três mil reais).”, informou o gestor. A aquisição foi feita através de licitação.

Centenas de estudantes são transportados diariamente e gratuitamente até Feira de Santana por ônibus disponibilizados pela Prefeitura de Teofilândia.


Traficante que atuava em Serrinha morre em troca de tiros com a PM na cidade de Andorinha

Um traficante que atuava na cidade de Serrinha morreu na tarde do último sábado (26), por volta das 17h, no município de Andorinha, na microrregião de Senhor do Bonfim, a 240 km de Serrinha, após uma troca de tiros com policiais militares, segundo informações colhidas pelo Portal Cleriston Silva. 

De acordo com o apurado pela reportagem, agentes da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) do 6º BPM e Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Caatinga) foram ao povoado Vila Peixe para cumprir um mandado de prisão preventiva contra Elivaldo de Jesus Souza, de 43 anos, vulgo “Marcelo” ou “Rendão”, pelo crime de tráfico de entorpecentes naquela cidade.

Ao chegarem para cumprimento do mandado de prisão, os policiais militares foram recebidos a tiros pelo infrator, que durante o confronto acabou sendo atingido. O traficante foi socorrido imediatamente, mas foi constatado óbito no hospital do município.  

Foi apreendido um revólver calibre 38 com seis munições do mesmo calibre, sendo duas deflagradas e quatro intactas. De acordo com a polícia, Marcelo também tinha ligação com uma facção criminosa que atua na capital baiana.

Brasil ficou para trás não só de países ricos, diz Nelson Teich sobre vacinação

Em entrevista à CNN neste domingo (27), o ex-ministro da Saúde Nelson Teich reforçou que o Brasil está  atrasado nas negociações de vacinas contra o Covid-19

“Assim que a eficácia de um imunizante é comprovada, ele precisa ser comprado. Não tivemos essa velocidade”, disse Teich.

“Ficamos para trás em relação ao mundo, principalmente em relação aos países ricos, mas também a aqueles que se assemelham ao Brasil do ponto de vista econômico.”

O ex-ministro também comentou sobre a opinião do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contra obrigatoriedade da vacina: “O presidente já deixou muito clara a posição dele. Ele não quer ser uma liderança na vacinação da Covid-19 no Brasil. Não adianta reclamarmos.”

“Esse problema de coordenação foi se acumulando ao longo do tempo, ele não é relacionado a esse governo específico. Quando ficamos sobrecarregados, não tínhamos um sistema com a capacidade de realmente de lidar com a pandemia.”

Teofilândia: Praça do Half terá Academia da Saúde

O atual prefeito de Teofilândia, Tércio Nunes (PP), divulgou no último domingo, 27, em sua conta na rede social Instagram, que a Praça do Half, na Vila, contará com o projeto Academia da Saúde.

O programa Academia da Saúde, lançado em 2011, é uma estratégia de promoção da saúde e produção do cuidado que funciona com a implantação de espaços públicos conhecidos como polos do Programa Academia da Saúde. Esses polos são dotados de infraestrutura, equipamentos e profissionais qualificados. Como ponto de atenção no território, complementam o cuidado integral e fortalece as ações de promoção da saúde em articulação com outros programas e ações de saúde como a Estratégia da Saúde da Família, os Núcleos de Apoio à Saúde da Família e a Vigilância em Saúde.

Homem é morto a facadas após briga em bar em Teofilândia

Um homem de 22 anos foi morto a facadas após uma briga em um bar na manhã desta sexta-feira, 25, por volta das 11h, em Teofilândia. Segundo apurou o Portal Cleriston Silva, a vítima, Givanildo Santos Ferreira, estava em um bar no povoado Barreiro, a 7 km da sede do município, quando teria começado uma discussão com outro cliente e entrando em luta corporal. 

Durante a briga, Givanildo foi esfaqueado no pescoço. As pessoas que estavam no local tentaram socorrer o homem, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O motivo da discussão é desconhecido.

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu encontrar o autor do crime, que foi preso em flagrante por homicídio e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil. O acusado tem 27 anos e foi identificado como James de Jesus Rodrigues.

Coronavac apresenta eficácia suficiente para registro, afirma Butantan

O Instituto Butantan e o governo de São Paulo informaram nesta quarta-feira (23) que a vacina Coronavac apresentou eficácia superior a 50%, percentual mínimo recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para registro de um imunizante, e terá o registro pedido à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

No entanto, a divulgação dos dados de eficácia foi adiada. A justificativa foi que o laboratório Sinovac – parceiro do Butantan no desenvolvimento da vacina – pediu mais 15 dias de avaliação para que os dados sejam comparados a resultados de pesquisas em outros países, evitando que a vacina tenha diferentes índices de eficácia anunciados, de acordo com a Agência Brasil. 

“Atingiu-se os índices exigidos tanto pela Anvisa quanto pela OMS nos estudos de fase 3”, disse o secretário de estado da saúde, Jean Gorinchteyn. Segundo informações do governo, ontem foram recebidas as primeiras análises do estudo clínico de fase 3, com 13 mil voluntários em 16 centros científicos no Brasil.

“Nós atingimos o limiar da eficácia, que permite o processo de solicitação de uso emergencial, seja aqui no Brasil, seja na China. Temos um contrato com a Sinovac que especifica que o anúncio desse número precisa ser feito em conjunto no mesmo momento. Ontem mesmo apresentamos esses números à nossa parceira, que, no entanto, solicitou que não houvesse a divulgação do número pelo motivo de que eles necessitam de analisar cada um dos casos para poder aplicar à NMPA [agência de saúde da china]”, disse o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.

A Sinovac solicitou o envio da base de dados, que foi transferida na manhã de hoje, segundo Covas, para que possam realizar a análise. Após o prazo de até 15 dias, os resultados finais serão encaminhados à Anvisa e à National Medical Products Administration, agência de saúde da China. 

Segundo o diretor do Butantan, essa solicitação do laboratório chinês está prevista no contrato. Covas afirmou, no entanto, que isso não terá nenhuma influência no programa de desenvolvimento da vacina. O governo paulista diz que, até o final do mês, 10,8 milhões de doses da vacina chegarão ao país. Amanhã (24), um carregamento com insumos para 5,5 milhões de doses desembarca no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

De acordo com o diretor do Instituto Butantan, a Coronavac é a vacina mais segura de todas as que estão em teste no momento. “Quer dizer, um excelente perfil de segurança, com manifestações adversas leves, com uma frequência muito baixa, sendo que a reação mais presente foi dor no local da injeção. Mesmo essa manifestação não foi substancialmente diferente entre o grupo vacinal e o grupo placebo”.

Top