Inaugurada policlínica do Sisal em Serrinha; mais de 80 empregos são gerados

A cobertura proporcionada pelas policlínicas regionais de saúde se aproxima de 94% da população baiana com a unidade de Serrinha, entregue pelo governador Rui Costa, acompanhado pela secretária estadual da Saúde em exercício, Tereza Paim, nesta segunda-feira (13). A 21ª policlínica inaugurada pelo Governo do Estado recebeu um investimento superior a R$ 29,1 milhões, entre obras, equipamentos e veículos, e atende 500 mil habitantes de 14 municípios da região centro-leste da Bahia. Ao todo, 391 dos 417 municípios baianos já têm acesso a policlínicas, que realizam gratuitamente os exames solicitados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Em Serrinha, Rui afirmou que outros pequenos procedimentos cirúrgicos devem ser incluídos entre os serviços oferecidos pelas policlínicas. “Nós estamos zerando a fila de tomografia, de ressonância e de outros exames onde nós implantamos as policlínicas e vamos aumentando a eficiência da nossa gestão. Agora nós estamos contratando alguns procedimentos para fazer na própria policlínica. Além do diagnóstico na oftalmologia, por exemplo, como a policlínica está habilitada para pequenas intervenções, nós vamos contratar o serviço para fazer os procedimentos na própria policlínica, inclusive de catarata, para não precisar remeter o paciente para outro lugar. Então, nós vamos introduzir alguns procedimentos que podem ser feitos na própria policlínica, já que estamos com a rede montada”, disse.


As policlínicas são construídas e equipadas com recursos estaduais. Durante a operação da unidade, o Estado participa com 40% do custeio e os outros 60% são financiados pelos municípios consorciados, de acordo com a sua população. O Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Serrinha reúne os municípios de Araci, Barrocas, Biritinga, Conceição do Coité, Euclides da Cunha, Lamarão, Monte Santo, Quijingue, Retirolândia, Santaluz, São Domingos, Serrinha, Teofilândia e Valente.

Resolutividade – A policlínica em Serrinha oferece consultas especializadas em angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastroenterologia, neurologia, otorrinolaringologia, oftalmologia, urologia, pequenos procedimentos cirúrgicos, ginecologia, pneumologia, dermatologia, reumatologia, anestesia, fisioterapia e ortopedia. As especialidades não médicas são farmácia clínica, enfermagem, psicólogo e nutricionista e exames de mapa, holter, ecocardiograma, ergometria, eletrocardiograma, eletroencefalograma, endoscopia digestiva, ultrassonografia doppler, raio-x e tomografia.



“É um equipamento muito importante para a região do Sisal. Também é muito importante que a população procure a atenção primária do seu município e, a partir daí, ela vem com a consulta marcada, agendada, com transporte, toda segurança e agilidade nas consultas e resolutividade das suas doenças. Há sala do pé diabético, um tomógrafo, ressonância, mamografia, exame de raio-x e uma complexidade de médicos especialistas para atender a eco, oftalmologia, ultrassonografia e todos os exames”, explicou Tereza Paim.

Para levar os pacientes de seus municípios até a policlínica, o Governo do Estado adquiriu sete micro-ônibus com ar-condicionado e acessibilidade e quatro vans, que fazem o transporte diariamente.
Emprego e renda.



Não é somente na saúde que as policlínicas beneficiam a população. A unidade em Serrinha emprega 84 empregos diretos. Entre eles, a assistente administrativa Rosiane Mota de Moura, 34 anos, não precisa mais viajar 40 minutos todos os dias, nos trajetos de ida e volta do trabalho. “Eu trabalhava nas cidades de Araci e Tucano, na área da educação. Para mim, foi uma benção abrir essa policlínica porque eu não vou precisar mais ficar me deslocando de uma cidade para outra. Então, é uma oportunidade muito boa”.

Dentre as especialidades médicas, destaque para as áreas de oftalmologia, ortopedia, cardiologia, endocrinologia, ginecologia e obstetrícia, otorrinolaringologia e radiologia. A policlínica conta também com enfermeiros, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, psicólogo e assistente social.

Araci: Homem que agrediu mulher em restaurante está foragido da polícia

O homem que agrediu brutalmente a ex-companheira em um restaurante no município de Araci, na região do Sisal, no dia 16 de junho, está foragido da polícia. Na ocasião, após receber diversos socos no rosto, a vítima chegou a desmaiar e precisou ser levada ao hospital. Imagens das câmeras de segurança do estabelecimento exibiram o momento em que o suspeito se aproximou da mulher, que estava sentada na mesa acompanhada de outras duas pessoas, a segura pelos cabelos e puxa a vítima da cadeira. O suspeito chegou a dar pelo menos três socos contra o rosto da ex-companheira.

A cena foi presenciada por um outro rapaz que acompanhava a mulher e, em determinado momento, tentou conter o suspeito. Contudo, nada impediu o homem de agredir a mulher até ela cair no chão, desacordada. O vídeo mostra ainda o momento em que o suspeito, depois de cometer as agressões, deixa o local andando tranquilamente.

Procurada pela reportagem, a Polícia Civil (PC) que informou que um mandado de prisão foi expedido contra o suspeito, que está foragido. Ainda de acordo com a polícia, foi expedida uma guia de exame de lesão corporal da vítima, que recebeu da Justiça uma medida protetiva contra o ex-companheiro. “A investigação está em curso”, concluiu a PC.

Caso Drº Andrade: Investigações apontam que médico suspeito de matar colega agiu sozinho

As investigações sobre a morte do médico acreano Andrade Lopes Santana, de 32 anos, apontaram que o colega de profissão e amigo da vítima, Geraldo Freitas Junior, agiu sozinho. O prazo para conclusão do inquérito segue até o dia 25 de julho.

“A Polícia Civil de Feira de Santana continua realizando a colheita de alguns depoimentos de pessoas próximas tanto à vítima quanto ao autor. Até o presente momento, a motivação ainda não foi devidamente elucidada”, disse o coordenador regional de polícia de Feira de Santana, delegado Roberto Leal, responsável pelas investigações do caso.

No dia 28 de junho, completou um mês que o corpo de Andrade Santana foi encontrado no Rio Jacuípe, em São Gonçalo dos Campos, preso a uma âncora. A polícia já tem algumas linhas de possíveis motivações para o crime. Entretanto, elas não foram reveladas para não atrapalhar o seguimento das investigações.

“Algumas informações foram angariadas, já há conclusões de que ele agiu sozinho, houve auxílios posteriores em relação a alguns fatos, que estão sendo analisados, e a gente continua no aguardo das perícias que foram realizadas nos aparelhos celulares tanto do autor quanto da vítima”, afirmou Roberto Leal. Geraldo Junior segue preso no Conjunto Penal de Feira de Santana. Ele teve a teve a prisão temporária prorrogada por mais 30 dias.

Andrade Lopes foi encontrado morto no dia 28 de maio, no rio Jacuípe, na cidade de São Gonçalo dos Campos, a cerca de 91 quilômetros de Serrinha. Ele desapareceu no dia 24 de maio, quando saiu de Araci, onde morava e trabalhava, com destino a Feira de Santana, que fica a 23 quilômetros de São Gonçalo dos Campos.

Segundo os peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), foi constatado um disparo de arma de fogo na nuca e uma corda no braço amarrada a uma âncora para o corpo não emergir nas águas do rio Jacuípe.

Deputado Osni Cardoso articula implantação de nova unidade do Corpo de Bombeiros na região do Sisal

A região do Sisal vai ganhar uma nova unidade do Corpo de Bombeiros, desta vez no município de Serrinha. O deputado Estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, Osni Cardoso (PT), esteve reunido com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, Adson Marchesini, que confirmou a ida de um subgrupamento para o município.

A nova unidade deve ser instalada na atual sede da CETO (Companhia de Emprego Tático e Operacional) por se tratar de um local de fácil acesso e em posição estratégica para atender emergências tanto em Serrinha quanto em outros municípios com mais celeridade. A CETO foi instalada em 2015 durante a gestão de Osni Cardoso como prefeito de Serrinha.

“O Corpo de Bombeiros é uma luta antiga nossa. Em breve teremos homens e mulheres trabalhando na prevenção, busca e salvamento de acidentes, desmoronamentos ou incêndios em Serrinha e nos demais municípios da região do sisal”, destacou o deputado.

A Polícia Militar de Serrinha também vai ganhar novas instalações, possivelmente ficando na antiga sede da Coelba por se tratar de um local amplo e que atende melhor às demandas e necessidades dos profissionais.

Mulher desmaia após ser agredida com soco no rosto por ex-companheiro em Araci

Um homem agrediu brutalmente a ex-companheira em um restaurante no município de Araci, no território do Sisal, no último domingo (13). Após receber diversos socos no rosto, a vítima chegou a desmaiar e precisou ser socorrida ao hospital.

Imagens das câmeras de segurança do estabelecimento mostram o momento em que o suspeito se aproxima da mulher, que estava sentada na mesa acompanhada de outras duas pessoas. Ele a segura pelos cabelos e puxa da cadeira. Em seguida, desfere pelo menos três socos contra seu rosto.

Um rapaz que acompanhava a mulher ainda tenta conter o agressor, mas acaba não conseguindo evitar que ele desse um soco na vítima que acabou caindo no chão, desacordada.

Após cometer as agressões, o homem deixa o local andando tranquilamente. Segundo a Polícia Militar, o suspeito até o momento não foi encontrado. A Polícia Civil da cidade deverá investigar o crime.

Preso suspeito de matar médico de Araci; corpo foi encontrado nas águas do Rio Jacuípe

Policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) e do Sistema de Inteligência da 1ª Coorpin prenderam, no início da tarde desta sexta-feira (28), o suspeito de ter matado o médico psiquiatra Andrade Lopes Santana, de 32 anos. A prisão ocorreu em um condomínio do bairro Santa Mônica.

De acordo com a polícia, o acusado, que também é médico e era amigo de Andrade, teve a prisão temporária decretada por 30 dias pela juíza titular da Vara do Júri de Feira de Santana, Márcia Simões Costa, após os investigadores suspeitarem do envolvimento dele no desaparecimento da vítima.

No condomínio, também foi encontrado o Jet Sky que, segundo o suspeito em depoimento, seria vendido a Andrade.



Suspeito comprou âncora 

Em entrevista ao Acorda Cidade, o coordenador de Polícia Civil da 1ª Coorpin de Feira de Santana, delegado Roberto Leal, relatou que logo após a polícia dar início às investigações sobre o desaparecimento do médico, a polícia percebeu que as informações prestadas na delegacia pelo suspeito não estavam condizentes com as investigações preliminares.

“Inicialmente, no dia do desaparecimento e no dia seguinte, quando um colega de trabalho do médico compareceu à delegacia de polícia informando sobre o desaparecimento, as investigações foram iniciadas pela 1ª Coorpin e também pela Furtos e Roubos, e de imediato começou-se a perceber que as alegações prestadas pelo colega não estavam relacionadas corretamente com o que foi angariado durante as investigações preliminares. As investigações continuaram, e no dia 27, chegou-se a uma testemunha, que acabou relatando algumas informações que apontam para a participação dessa pessoa com o crime”, informou Leal.





Amigos próximos

Roberto Leal destacou que as informações apontam para a participação do suspeito no crime, porém os investigadores ainda vão buscar esclarecer se ele contou com ajuda de mais alguém no assassinato.

“As investigações vão continuar para descobrir se o crime foi cometido por ele ou se teve auxílio de algum outro colega ou amigo, ou se foi outra pessoa responsável. Essas investigações estão sendo realizadas e é necessário que se mantenha sigilo pra não prejudicar o inquérito policial. A prisão temporária foi por homicídio qualificado, crime hediondo. A vítima e o autor eram amigos próximos e colegas de trabalho e haviam agendado um encontro para desfrutar de um momento de lazer no Rio Jacuípe, quando iriam andar de Jet Sky. Vamos aprofundar as investigações para saber se o médico chegou ou não ao local”, disse.

Ainda conforme o delegado, o suspeito foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica para exame de corpo delito. Ao retornar do DPT, ficará custodiado no Complexo de Delegacias do bairro Sobradinho e, na segunda-feira, deverá ser levado ao presídio regional de Feira de Santana.

Os peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) constataram um disparo de arma de fogo na nuca. Além disso, havia uma corda no braço amarrada a uma âncora para o corpo não subir. O celular dele foi encontrado na cintura.

Ele estava desaparecido desde a última segunda-feira (24), quando saiu de Araci, onde morava com destino a Feira de Santana. O carro dele foi encontrado no mesmo dia em Conceição do Jacuípe.

Bombeiros, policiais militares e policiais civis da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) foram até o local para resgatar o corpo com a equipe do DPT.

O desaparecimento

O último contato do médico com amigos foi por volta de meio-dia, da última segunda-feira (24), horas depois o veículo foi encontrado, sem seus pertences. Uma queixa foi prestada na 2ª Delegacia Territorial de Feira de Santana no dia seguinte por um médico, amigo dele.

“Foi feito o registro da ocorrência e iniciou-se uma coleta de dados. Sabemos que ele saiu dia 24 com destino à cidade de Feira de Santana, onde visitaria alguns amigos e iria realizar um negócio aqui nesta cidade. Por volta das 12h, ele não mais foi encontrado por seus amigos, inclusive, se ausentou do serviço que seria escalado como médico. Por volta das 18h, o veículo dele foi encontrado pela Polícia Rodoviária Federal já na cidade de Conceição do Jacuípe, abandonado e trancado”, disse o delegado ao Acorda Cidade no dia do registro do desaparecimento.

O amigo relatou que o médico iria almoçar com uma mulher e depois enviou uma mensagem para ela cancelando o almoço, para almoçar com um amigo e marcando um jantar com ela. A mulher já foi identificada e a polícia vai ouvi-la para saber se ela tem alguma informação importante. Ainda segundo o relato, Andrade chegou a enviar uma mensagem para o amigo, dizendo que chegou ao local combinado, no Rio Jacuípe, mas o amigo não o encontrou. Após esta mensagem, o médico não respondeu mais, nem atendeu ligações.


Médico Andrade Lopes Santana

Carro de médico desaparecido passa por perícia em busca de sinais de violência

O carro do médico Andrade Santana foi periciado ontem, quarta-feira (26), pela polícia, a fim de localizar indícios se o psiquiatra foi vítima de violência dentro do veículo. Ele está desaparecido desde a última segunda (24), quando saiu de casa, em Araci, e disse que ia encontrar um amigo em uma marina em Feira de Santana.

De acordo com o delegado Roberto Leal, todas as pessoas que tiveram contato com Andrade foram identificadas. O carro do médico foi localizado nesta terça (25) pela Polícia Rodoviária Federal, às margens da BR-101, nas imediações de Conceição do Jacuípe.  

Leal afirmou ao Balanço Geral que está trabalhando com a hipótese de crime contra o patrimônio, que abrange sequestro e roubo. Além de um amigo, ele teria marcado encontro também com uma garota, segundo o delegado. Todos serão ouvidos.

Arma e munições são apreendidas dentro de veículo em Araci

Uma pistola calibre 9 mm e dez munições foram apreendidas, na segunda-feira (5), em Araci, por uma equipe do Serviço de Investigação (SI) da Delegacia Territorial (DT), do município. Um homem, de 51 anos, foi preso na ação.

O flagrante ocorreu durante uma abordagem ao veículo Fiat Strada, conduzido pelo suspeito no acostamento da BR-116. A arma e as munições, já encaminhadas à perícia, foram encontradas dentro do carro.

Autuado por porte ilegal de arma, o homem está à disposição do Poder Judiciário e deve passar pela audiência de custódia.

Homem é preso por roubo em Araci – Em outra ação, investigadores da DT de Araci cumpriram, na segunda-feira (5), o mandado de prisão preventiva de um homem, de 22 anos, suspeito de roubar um posto de combustíveis.

O crime ocorreu no dia 15 de março, no centro de Araci. O homem foi submetido a exames de lesões e está à disposição da Justiça. O comparsa no roubo está sendo procurado.

Prefeitura de Araci realiza mutirão de pavimentação e rede de esgoto em rua do centro da cidade

No último sábado (05), a equipe da Secretaria de Infraestrutura, Obras, Transportes e Serviços, realizou a manutenção da pavimentação e rede de esgoto da rua Francisco Xavier, localizada no centro da cidade. A ação visa melhorar ainda mais a transitabilidade de veículos, mais qualidade de vida e melhores condições de limpeza, contribuindo para a saúde pública e revitalização da área pavimentada. (Secom-Araci).

Top